a usina é um espaço dedicado a profissionais interativos e centraliza tudo que eu, rené de paula jr, produzo sem parar em videos, podcasts, artigos e palestras
roda e avisa

roda e avisa

o Roda e Avisa é um videocast sobre o digital e seus impactos, e já tem quase 1000 episódios!

podcast diário

podcast diário

o radinho de pilha é um podcast diário sobre inovação, tecnologia, ciência e cultura, acompanhe!

dicas de leitura

dicas de leitura

gosta de ler? o Leia Vale a Pena traz dicas de livros que li e amei.

twitter: poeminhas meia-boca

Share
coitado de quem me segue no @renedepaula, está sendo bombardeado por poeminhas péssimos que estou produzindo sem parar 🙂

aqui vao alguns deles:

  • (novo!)poeminha: twitter é uma inovação / sim, voce é um em um milhão / mas os outros milhoes tambem sao.
  • (novo!)poeminha: twitter é a aldeia global / voce toma flechada nas costas / dos 4 cantos do mundo
  • (novo!)poeminha: twitter nao eh tsunami / tentei me afogar / mas continuo boiando
  • (novo!)poeminha: twitter eh um bom passatempo / pra quem diz nao ter tempo
  • (novo!)poeminha: para escolher / informação ou conhecimento / twitter é o NDA
  • (novo!) poeminha: twittar é escrever mal-entendidos / e mil entrelinhas / com 140 letrinhas
  • (novo!) poeminha: muitos dizem: Veja! / poucos dizem: Isto É / pra alegria do Bloch / twitter é o Mundo em Manchete
  • poeminha: twitter é um trombone / com bocal tao pequeno / que sai tudo meia-boca
  • poeminha: twitter é o fim da mentira / quem disse afinal / que ninguem tem tempo?
  • poeminha: se Nero tivesse twitter / teria um dilema / enquanto Roma queima / toco a lira ou twitto?
  • poeminha: twitter é iconoclasta / siga um idolo / e veja seus pes de barro
  • poeminha: twitter poupa tempo / voce descobre rapido / que nao tem talento
  • poeminha: twitter é formula 1 / o jeito mais rapido / de andar em circulos
  • poeminha: twitter é uma revolução / tornou obsoletos / os problemas nao resolvidos
  • poeminha: twitter é solução / em busca de bons problemas
  • poeminha: twitter e a nossa cara / em plena era do conhecimento / somos a turma do fundao
  • poeminha: twitter nao e demais / e De Masi / ocio criativo / ou nem tanto
  • poeminha: twitter é a prova cabal / de que ler pensamento / nao serve pra nada
  • poeminha: twitter é revelador / descubra voce tambem / se tens vocação / pra chover no molhado
  • poeminha: twitter mudou o mundo / os problemas mais graves / nao sao mais assunto
  • poeminha: parece que tudo vai bem / nas revistas prozac e botox / no twitter cappuccino pra todos
  • poeminha: twitter é fabuloso / todo mundo vira lenda / sem matar nenhum dragao
  • poeminha: twitter é coisa de naufrago / mensagens em garrafas de vidro / boiando pra morrer na praia
  • poeminha: pra achar poesia / nesses 140 toques / aqui vai meu toque / vide o verso
  • poeminha: twitter é coisa de louco / metade falando sozinho / a outra ouvindo vozes
  • poeminha: twitter é o melhor veículo / você entra quando quer / e sempre senta na janela
  • poeminha: twitter é um belo presente / o passado nao existe / e vivemos no presente
  • poeminha: quanto mais entendidos/ maiores os mal-entendidos
  • poeminha: quantas entrelinhas sem caráter / cabem em 140 caracteres?
  • poeminha: twittar é sempre gerundio / se conjuga na primeira pessoa / por sujeitos indeterminados
  • poeminha: twitter tem um defeito / pra cada boa pergunta / vem dez frases de efeito

twitter é a resposta?

Share

todo ano alguma coisa "é a resposta". só falta sabermos… pra qual pergunta 🙂 é como se inventássemos mil rodas sem nunca ter um eixo. assista a essa pequena provocação ao pensamento e comece também a fazer as perguntas corretas.

nos divertindo até morrer: isso tem graça?

Share
faz um booooom tempo que venho questionando algumas “vacas sagradas” do digimundo. faz um boooom tempo que venho tentado trazer à luz o lado B da web 2.0 e os micos que ninguém comenta. pra minha alegria parece que não estou só: há mais gente por aí começando a levantar questões parecidas.

vou ser mais assertivo agora. vou usar a usina nao mais como um agregador de tudo o que eu faço por aí mas sim como meu blog pessoal e repositório do que já publiquei e continuo publicando por aí. a usina passa a ser agora meu cavalo de batalha 🙂

e para inaugurar essa nova fase, aí vai um vídeo interessantíssimo que confirma o que eu já andei dizendo no roda e avisa

pode

assinar o RSS 🙂 há de valer a pena